sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Astro do dia - NEY MATOGROSSO

Ney em Inclassificáveis - 2008

Ney de Souza Pereira nasceu em 1º de Agosto de 1941 na cidade de Bela Vista - Mato Grosso do Sul.
O nome artístico Ney Matogrosso, ele resgatou na própria família: seu pai tinha Matogrosso no sobrenome.




Em 1970, mudou-se para o Rio de Janeiro e foi convidado à participar do Secos e Molhados. O primeiro disco alcançou vendagem superior de um milhão de cópias em meses.
Saiu em Agosto de 1974 do Secos e Molhados e em Março de 75 estreava o show "O Homem de Neanderthal" no Rio de Janeiro em carreira solo.



Ney Matogrosso sempre foi um artista. Não se considera um cantor, apenas. A voz é mais uma de suas habilidades artísticas. Ney foi ator de cinema - em "Sonho de Valsa", longa-metragem de Ana Carolina, e "Caramujo Flor", curta de Joel Pizzini, fez iluminação de Nana Caymmi, Nelson Gonçalves, Chico Buarque, da Fundação Oswaldo Cruz, peças de teatro como Mistério do Amor, dirigiu dois Prêmios Sharp com os temas "Ângela e Cauby" e "Gilberto Gil", os shows do RPM, Cazuza e Simone e, mais recentemente, a peça Somos Irmãs.
Lançou Dois Discos como integrante do Secos e Molhados, Trinta e Um Discos/CDs em carreira solo e Oito DVDs.


1º Disco Solo - Água do Céu Pássaro - 1975



Último Lançamento - Beijo Bandido (2009)


Maiores sucessos:  Sangue Latino, O Vira, Rosa de Hiroshima, Bandido Corazon, Não Existe Pecado ao Sul do Equador , Homem com H, Por Debaixo dos Panos, Pro Dia Nascer Feliz, O Mundo é um Moinho, Amendoim Torradinho, A Ordem é Samba, Mal Necessário, entre outros.


Fonte: http://www.neymatogrosso.com.br/


Nenhum comentário:

Postar um comentário